Onde está o homem?
Existirá um homem, animal diferente dos demais?
Não sei! Vejo muito mais pudor, falsas liberdades e muito moralismo do que sentimentos humanos.
Racionalidade? Faz muito tempo que não encontro, porém dizer que sou diferente dos demais, que fujo à regra, só me faria retroceder os poucos passos que dei em busca de respostas. Cada dia ao olhar a minha volta me admiro com o quanto o ser humano pode viver submerso em si próprio, cheio de preconceitos, mascaras e cabrestos. Num contexto onde o que vale é o externo e não a essência de cada um. Quer-se ser bonito, importante, rico e admirado, mas muitas vezes nos perdemos no meio de tantas qualidades efêmeras e se é deixado de lado o que realmente nos define.
A sociedade pede um produto com certa forma e personalidade e com o mínimo de conteúdo e visão critica. O importante é qual a roupa a ser combinada para se ir à festa de hoje à noite!
Não posso esquecer de citar as barreiras culturais que colocamos entre nós. Ao olhar o outro vemos sua raça, religião, classe social, orientação sexual e tantas outras coisas, mas conseguimos enxergar o ser humano em nossa frente?
Um tempo atrás me ocorreu algo que me fez pensar, e confesso que me fez xingar muito também. Ao entrar no site de relacionamento “orkut”, percebi que minha conta havia sido excluída por conter material impróprio, tudo por que alguns dias atrás, postei algumas fotos com teor homoerótico. Fotos que mostravam corpos masculinos nus, porém sem vulgaridade ou pornografia, postadas com a intenção de mostrar a beleza e poesia que nelas existiam e com isso questionar a vergonha e a hipocrisia que se tem em relação ao homoerotismo, simplesmente perdi meu perfil nesse site. O que me deixou indignado é que perdi 1.200 outras fotos pessoais com grande valor sentimental que jamais serão recuperadas. Engraçado, é que por diversas vezes cheguei a denunciar, ao gerenciador do site, comunidades e perfis com teor agressivamente desrespeitoso e homofóbico, porém eles continuam com suas contas ativas.
Tantas coisas me fazem pensar o quanto estamos atrasados, e não entendo por que batemos no peito e gritamos aos quatro ventos que somos racionais e evoluídos.

Depois desse ocorrido tive a idéia de criar este BLOG, espero que ele também não seja excluído.

Bjssssssssss!